Representaciones sociales del envejecimiento y calidad de vida en la vejez ribereña

  • Jefferson Luiz de Cerqueira Castro Universidade Federal do Piauí (UFPI)

    Psicólogo; mestrando em Psicologia (UFPI); pós-graduando em Educação, Ética e Política (Universidade Estadual do Piauí – UESPI); possui graduação em Psicologia (UFPI); bolsista pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI). Endereço para corres-pondência: Departamento de Pós-graduação em Psicologia, UFPI, Campus Parnaíba – Av. São Sebastião, Nº 2819, Parnaíba-PI, Brasil. CEP: 64202-020. E-mail: jefferson.psico.ufpi@ outlook.com

  • Ludgleydson Fernandes de Araújo Universidade Federal do Piauí (UFPI)

    Psicólogo, Doutor em Psicologia (Universidad de Granada) com período sanduíche na Università di Bologna, Mestre em Psicologia e Saúde (Universidade de Granada), Mestre em Psicologia Social e Especialista em Gerontologia (Universidade Federal da Paraíba – UFPB). Professor orientador do Programa de Pós-Graduação (Stricto Sensu) em Psicologia da UFPI. Bolsista de Produtividade PQ-2 em pesquisa pelo CNPq. Endereço para correspondência: Departamento de Pós-graduação em Psicologia, UFPI, Campus Parnaíba – Av. São Sebastião, Nº 2819, Parnaíba-PI, Brasil. CEP: 64202-020. E-mail: ludgleydson@yahoo.com.br

  • Emerson Diógenes de Medeiros Universidade Federal do Piauí (UFPI)

    Possui formação em Psicologia (UFPB). É mestre e doutor em Psicologia Social com ênfase em medidas psicossociais (UFPB). Atualmente é professor Adjunto IV do curso de graduação em Psicologia da UFPI (Campus de Parnaíba). É professor permanente do Programa de Pós-Graduação em Psicologia (Mestrado) da UFPI (Parnaíba-PI), sendo atualmente coor-denador do mesmo. Endereço para correspondência: Departamento de Pós-graduação em Psicologia, UFPI, Campus Parnaíba – Av. São Sebastião, Nº 2819, Parnaíba-PI, Brasil. CEP: 64202-020. E-mail: emersondiogenes@gmail.com

  • Janari da Silva Pedroso Universidade Federal do Pará (UFPA)

    Professor Associado III da Universidade Federal do Pará; Bolsista de Produtividade CNPq, exerce suas atividades acadêmicas na Faculdade de Psicologia, Programa Pós-Graduação em Teoria e Pesquisa do Comportamento e Programa de Pós-Graduação em Psicologia - na área de concentração: Psicologia. Orientador de mestrado e doutorado. Endereço para corres-pondência: R. Augusto Corrêa, 01 - Instituto de Filosofia e Ciências Humanas/Faculdade de Psicologia, Bairro Guamá, Belém, Pará. CEP: 66075-110. E-mail: pedrosoufpa@gmail.com

Palabras clave: envejecimiento, ancianos, vejez, calidad de vida, enfoque estructural

Resumen

El objetivo fue comparar las representaciones sociales (RS) del envejecimiento y la calidad de vida (CV) en la vejez para ancianos ribereños. Este es un estudio cualitativo-exploratorio con muestra no probabilística. Se utilizaron cuestionarios sociodemográficos y la técnica de asociación de palabras libres. Participaron 100 ancianos, emparejados por sexo, con edades entre 60-89 años (M = 70.08 años; DE = 7.19). Fue empleado el software IRaMuTeQ mediante análisis prototípico, que proporcionó la estructura de representación. Se observaron elementos centrales negativos en la RS del envejecimiento y elementos positivos en la RS de la CV en la vejez, lo que denota la paradoja del bienestar; esto es, autoinformes positivos de satisfacción con la vida, aunque en presencia de pérdidas por envejecimiento.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.
Cómo citar
de Cerqueira Castro, J. L., Fernandes de Araújo, L., de Medeiros, E. D., & da Silva Pedroso, J. (2021). Representaciones sociales del envejecimiento y calidad de vida en la vejez ribereña. Revista De Psicología, 39(1), 85-113. https://doi.org/10.18800/psico.202101.004